domingo, 21 de julho de 2013

É possível pegar vírus no Facebook?


Sim, é possível. A rede social mais usada no mundo é também a mais visada pelos criminosos virtuais. Explicaremos como tudo funciona e como você pode se proteger destas ameaças.


A técnica usada é quase sempre a mesma, o "phishing". O método tenta enganar a vítima com mensagens ou publicações falsas, o usuário ao clicar no link instala, automaticamente, o malware  no computador e na própria rede social, onde a partir daí a conta do usuário encaminha mensagens e links para os amigos, disseminando a praga virtual. Com o malware instalado, os criminosos são capazes de conseguir nomes de usuários e senhas de qualquer site, inclusive dados de contas bancárias e cartões de crédito. Geralmente, as ameaças surgem em notícias chamativas como fotos com apelo sexual, promoções e prêmios, notícias falsas sobre celebridades ou até as absurdas mensagens "Saiba quem visitou seu perfil", "Mude a cor do seu Facebook", "Saiba quem visualizou suas fotos", enfim, não clique em links que pareçam suspeitos, mesmo que a fonte seja um amigo próximo. Esse amigo pode ter sido infectado e ainda não ter percebido.

Recentemente, cresceu a circulação de um vírus no Facebook que tem potencial para roubar dados e limpar a conta bancária de usuários, é um malware chamado Zeus. O Cavalo de Troia já existe há um bom tempo, mas ressurgiu em 2013. No ano passado, por exemplo, esse vírus foi apontado como parte de um ataque que desviou cerca de US$ 800 milhões de contas de bancos na Europa, América Latina e Estados Unidos. A praga virtual se propaga da mesma forma, através de links contaminados distribuídos pela rede social.

Peguei o vírus e agora?

Primeiramente, antes de tudo, é preciso ter bom senso. Evite acessar páginas suspeitas no Facebook e, principalmente, não saia clicando em todos os links que aparecem na sua linha do tempo.

Tendo esse cuidado, procure identificar possíveis ameaças instaladas no seu perfil do Facebook.:
  1. Vá até a aba de configurações, que fica na parte superior direita, ao lado de "Página Inicial" e em seguida clique em configurações de privacidade.
  2. Clique em aplicativos, irá aparecer uma lista com os aplicativos instalados.
  3. Procure por aplicativos com nomes suspeitos ou que você desconheça e clique em remover. Nomes estranhos como nuytsoa, umfdpss, seisxota é sempre bom desconfiar.



Além disso, o Facebook disponibiliza uma página com dicas de segurança e de como se proteger contra fraudes. Há ainda uma página onde a empresa informa adwares mal intencionados já conhecidos - Facetheme, Buzzdock, Iminente - além de trazer diversas informações de segurança na rede. E se você acredita que o seu perfil ou os seus dados possam ter sido comprometidos, é possível proteger a sua conta. A empresa indica aos usuários que relatem qualquer spam que encontrem na rede social. Para isso, uma setinha no canto superior direito dos posts na timeline mostra a opção “Denunciar história ou spam”.

Mantenha sempre um bom antivírus no seu computador e atualize-o frequentemente. Faça uma varredura completa e utilize softwares que melhoram o seu sistema, aqui você encontra alguns bons programas que fazem isso. Desabilite extensões desnecessárias do seu navegador, muitas vezes os malwares funcionam como complemento nos navegadores, saiba como fazer isso aqui. E se o estado do seu computador estiver muito crítico, não perca tempo, procure formatar e reinstalar o sistema, isso evitará maiores problemas.

Por fim, sempre atualize suas senhas de acesso, especialistas aconselham troca-la a cada 30 dias e ensinam que essa senha deve ter no mínimo 14 caracteres, entre letras, números e caracteres especiais, assim você ficará um pouco mais seguro no mundo digital.
O vídeo abaixo explica um pouco mais como a rede de Mark Zuckerberg se tornou alvo fácil para os criminosos digitais.



fonte: Olhar Digital, Digital Journal
Designed By Blogger Templates